“Nós, Cidadãos!” questiona Albuquerque sobre promessas ainda não cumpridas

O partido NÓS, Cidadãos! veio questionar publicamente hoje, em comunicado de imprensa, o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, sobre para quando a realização e conclusão dos trabalhos necessários à consolidação da escarpa poente da vila da Ribeira Brava e a reabertura, “em segurança e o mais rápido possível”, de parte da estrada regional (ER) 101 e da ER 222 interditas,
conforme sugerido no estudo do LREC (e noticiado no dia 14 de Agosto de 2018), e que, segundo Albuquerque, seria reaberta em
Novembro de 2018.

Lembrando palavras recentes de Miguel Albuquerque, quando, em visita às obras da Estação de Tratamento de Águas da Ribeira Brava, afirmou que os madeirenses e portosantenses encontram-se “num momento crucial”, pois terão de escolher – e eleger (num futuro próximo) – entre “quem cumpre e quem não cumpre os compromissos assumidos”, o “Nós, Cidadãos!” acusa o presidente de sofrer de uma “amnésia selectiva”, dado que muitas promessas assumidas por si próprio e pelo seu partido ainda não foram cumpridas.

O partido relembra apenas duas ou três, nomeadamente a “intervenção profunda e obrigatória no túnel da Encumeada”, prevista
para o segundo semestre de 2016, o “registo de interesses dos deputados e a limitação dos mandatos políticos do próprio Presidente do Governo Regional”, anunciado pelo candidato Miguel Albuquerque na pré-campanha eleitoral, em 2015, e “a recuperação da casa na Quinta Jardins do Imperador”, questionando também qual a data da inauguração do novo Museu do Romantismo que foi “apregoado”.