MPT Madeira diz-se solidário com os enfermeiros

 

O Movimento Partido da Terra diz que não aceita nem compreende que os enfermeiros portugueses sejam chamados de “selvagens e ilegais”, por um primeiro-ministro “que não ganhou as eleições, este sim pode ser chamado de “ilegal”, e até “selvagem”.

O MPT não duvida de que os enfermeiros, se estiverem unidos, “podem mesmo fazer cair esta geringonça e este governo, por isso o Partido da Terra, apela a todos os enfermeiros, que nas eleições que se avizinham, cerrem fileiras contra o Governo e os Partidos que o suportam, pois esta é a melhor forma de os penalizar”.

Esta força política entende que os enfermeiros têm sido ao longo dos tempos “desconsiderados e injustiçados”, e exemplifica: “Um enfermeiro com 20 anos de serviço ganha o mesmo que um enfermeiro que começa a trabalhar agora”, critica o dirigente Roberto Vieira.