Albuquerque diz que era bom António Costa anunciar na Madeira a revisão do subsídio de mobilidade e viagens aéreas mais baratas

Albuquerque mobilidade
Miguel Albuquerque visitou hoje o remodelado Centro de Saúde da Camacha.

Foi hoje, no Centro de Saúde da Camacha, que Miguel Albuquerque aproveitou para enviar “recados” ao primeiro ministro António Costa, que estará na Madeira a 26 de janeiro para uma iniciativa de Partido Socialista.

O presidente do Governo, à margem da visita às obras de requalificação daquele centro, disse “era bom que o primeiro ministro anunciasse, quando vier à Madeira, o cumprimento do que prometeu em 2015, que era a Região não estar a pagar juros agiotas como está ao Estado. E que anunciasse que o Governo da República vai apoiar a ligação marítima entre o Continente e a Madeira, como faz o governo espanhol em relação a Canárias. E que anunciasse, para entrar já em vigor, a revisão do subsídio de mobilidade, para que os madeirenses não adiantarem o dinheiro total das viagens, além de intervir na TAP para que as viagens da companhia sejam mais baratas”.

Relativamente ao Centro de Saúde da Camacha, está como novo depois das obras de requalificação, que duraram três meses e custaram 91 mil euros com IVA, como revelou hoje o presidente do Governo Regional, no momento em que visitava o espaço.

Miguel Albuquerque disse, ainda, que existem outras obras em curso ou projetadas para seis outros centros de saúde, sendo que o da Calheta, que tem um grande envolvimento financeiro, aguarda os procedimentos legais enquadrados na lei dos concursos públicos. “É um compromisso que temos que cumprir”.