Controlar a alimentação em tempo de festas

De novo no Natal! E mais uma vez a jurar a nós próprios: “não vou abusar”, “vou-me controlar”… mas depois chega a tentação, e é irresistível. Claro que não estou a dizer para não haverem dias diferentes, apenas quero deixar algumas dicas para não estragar o que se fez durante o ano e chegar ao novo ano desanimados, pensando que poderia ter sido diferente.

Um dia não são dias, claro! O problema é mesmo quando são muitos dias! e o Natal madeirense é cheio desses dias…Quem quer manter a boa forma e o peso, bem como manter o controlo metabólico (por exemplo diabéticos e hipertensos) deve ter muito cuidado com o consumo alimentar nestes eventos que fogem da rotina, ou com a quantidade de alimentos ingeridos nestas ocasiões. Isso porque é muito comum que se cometam excessos alimentares, às vezes até mesmo sem perceber, alcançando um consumo calórico excessivo em uma única refeição, que ultrapassa as recomendações diárias.

Bolos e docinhos :Têm sempre um valor calórico elevado (100g vão fornecer entre 200 a 400 calorias). O melhor seria evitar, mas como não é fácil, opte por doses pequenas, apenas para saciar o desejo.

Salgados (rissóis, croquetes, etc.): evite sempre consumir grandes quantidades e prefira os assados em detrimento dos fritos.

Sumos e refrigerantes:Tente controlar a quantidade ingerida pois facilmente se atinge 1 litro. Os refrigerantes oferecem calorias vazias, ou seja, nenhum nutriente além de açúcar (ou adoçante).

Bebidas alcoólicas: o álcool fornece cerca de 7kcal/grama (quase o dobro que as proteínas ou os hidrato de carbono, com 4kcal/grama). Deve-se beber o mínimo possível.

Algumas dicas que vão ajudar a manter o foco:

-Nunca sair de casa com fome;

-Ao longo do dia da festa procure realizar refeições mais leves, com alimentos menos calóricos;

-Tente escolher as opções mais saudáveis servidas na festa, ou caso isso não seja possível controle as porções ingeridas;

-Não fique parado perto da mesa dos doces;

-Evite as bebidas alcoólicas e os refrigerantes, prefira as águas aromatizadas e as tisanas, sem açúcar.