Bombeiros de Santa Cruz e Cruz Vermelha socorreram feridos na pancadaria provocada por adeptos do Benfica e transportaram quatro ao Hospital

bombeiros santa cruz
Os bombeiros de Santa Cruz prestaram socorro aos feridos no Abrigo do Pasto.

A cena de pancadaria que, repentinamente, eclodiu no restaurante Abrigo do Pastor, a que fizemos referência em peça anterior, envolvendo um grupo de adeptos do Benfica, motivou a deslocação dos Bombeiros Municipais de Santa Cruz e Cruz Vermelha Portuguesa, com duas ambulâncias.

Os desacacatos começaram cerca das 23 horas e os bombeiros confirmam que foram transportados quatro feridos para o Hospital Dr. Nélio Mendonça, sendo que três deles são empregados do restaurante e um era cliente.

A confusão deu-se quando esse grupo começou com provocações, motivando a intervenção dos empregados numa tentativa de acalmar a situação, sem sucesso. Segiuiram-se momentos de pancadaria.

Recorde-se que sempre que um clube considerado “grande” vem à Madeira, o Benfica defronta amanhã o Marítimo, os mecanismos de segurança são mais apertados e mais cuidados, tendo em conta o histórico que tanto as claques organizadas como alguns adeptos, a título individual ou grupo, apresentam, com distúrbios de vária ordem, alguins deles já aconteceram no Funchal em anteriores jogos.