Solidariedade em marcha

Fotos Rui Marote

Lavoisier dizia que, “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

Se alguém criou, então importa que nada se perca e que se transforme a nossa ideia de olhar para os mais carenciados.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A solidariedade não é uma palavra vã e está em marcha, todos os dias, na cidade do Funchal, na Região e no mundo.

Foi que aconteceu, esta manhã, com alimentos para a Cáritas Diocesana do Funchal.

Nas véspera do Dia Mundial dos Pobres, instituído pelo papa Francisco e que, este ano, se assinala também na Madeira a 18 de novembro com uma missa na Igreja do Colégio.