Albuquerque diz que taxa de retenção de alunos passou de 20% para 2%

Miguel Albuquerque Ensino
Miguel Albuquerque considera o Sistema de Ensino na Região “um sucesso”.

Madeira na senda do sucesso também no Ensino. Foi com esta tónica que Albuquerque abordou a questão no âmbito da Conferência-Debate ‘Educação – Projeto Sustentável para uma Sociedade Autónoma’, que teve como orador convidado o Professor David Justino, ex-ministro da Educação e vencedor do prémio Calouste Gulbenkian.

Para justificar essa posição, recorre a um número: a taxa de retenção dos alunos passou de de 20% para 2%. Aconteceu nas escolas onde foi implementado o projeto-piloto ‘Turmas Mais’, enalteceu o presidente do PSD/Madeira, lembrando as críticas da esquerda face a este modelo que acabou por se revelar um êxito.

“Nós mantivemos o rumo e foi um sucesso. [Com o projeto ‘Turmas Mais’] concentramos os professores naqueles alunos que, em determinadas matérias, tinham mais dificuldade e neste momento temos tido resultados muito bons”, revelou Albquerque.

Por outro lado, os professores da Madeira conseguiram o que os do continente reclamam há muito: a recuperação integral do tempo de serviço dos professores, com a devolução aos docentes dos nove anos, quatro meses e dois dias, relativos ao período em que as carreiras estiveram congeladas.

“Ao contrário da esquerda de Lisboa que andou a prometer a recuperação integral do tempo dos professores e neste momento não cumpre, nós aqui na Madeira não prometemos nada, mas vamos proceder ao pagamento integral da recuperação do tempo dos professores”, disse, reiterando: “Não foi a nossa promessa, mas vamos fazê-lo”. Miguel Albuquerque aproveitou para agradecer todo o empenho dos professores, funcionários, alunos e encarregados de educação.