Sociohabita aumenta rendas e pede aos moradores para assinarem um documento, denuncia o MPT que lança o alerta

Funchal Câmara A
MPT denuncia: “A Sociohabita está a pedir aos residentes das suas habitações sociais que assinem um documento, para depois lhes retirarem a casa, , trocando-a por uma de tipologia mais pequena”.

A denúncia chega através do Movimento Partido da Terra. Refere uma nota daquele partido, enviada à comunicação social, que teve conhecimento que “a empresa Municipal Sociohabita está a aumentar a renda aos munícipes, nalguns casos a triplicar, sendo que o MPT apela aos munícipes que vivem em habitações da CMF que não assinem qualquer tipo de documento, pois para além do aumento das rendas a CMF através da sua empresa está a pedir aos residentes das suas habitações sociais que assinem um documento, para depois lhes retirarem a casa, trocando-a por uma de tipologia mais pequena”.

O MPT alerta os moradores: “Sempre que lhes seja pedido uma assinatura por parte da Câmara Municipal (Sociohabita) que consultem um advogado, pois esta gente da CONFIANÇA não é de confiança e estão uma vez mais a “enganar” os habitantes dos Bairros Sociais”.