Trajetória do furacão “Leslie” tem uma “incerteza anormalmente elevada” e IPMA coloca Madeira “sob vigilância”

leslie2A última informação disponível do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, relativamente à passagem do furacão “Leslie” pela Madeira, revela que uma verificação feita pelas 10 horas, registava-se que o centro do furacão “localizava-se a 1312 km a su-sudoeste (SSW) da ilha da Madeira com um mínimo de pressão de 969 hPa”, sublinhando que o mesmo estava a deslocar-se “para este-nordeste (ENE) a 44 km/h”.

O IPMA dá conta que “a incerteza em relação à trajetória do LESLIE é anormalmente elevada, sendo apenas possível determinar a trajetória com alguma confiança num prazo de 24 horas. As previsões para mais de 24 horas continuam a indicar trajetórias muito distintas”.

Deste modo, diz o comunicado do Instituto, “o arquipélago da Madeira está neste momento sob vigilância, existindo uma probabilidade de 60 a 80% das ilhas da Madeira e Porto Santo começarem a sofrer os efeitos do LESLIE a partir das 06:00 TUC (07:00 da Madeira) de sábado, dia 13, em termos de agitação marítima, vento e precipitação”.

De igual forma, refere, “existe uma probabilidade de 20 a 30%, do território do Continente ser afetado pelo LESLIE entre o final de sábado e o dia de domingo.” O IPMA anuncia nova informação para as 18 horas de hoje.