Socialistas questionam onde estão as verbas prometidas pelo GR para obras de recuperação do temporal

A concelhia do Partido Socialista do Funchal questionou hoje o Governo Regional sobre as verbas prometidas à Câmara Municipal do Funchal para apoiar nas obras de recuperação do temporal que, em finais de Fevereiro passado, assolou a orla costeira.

Hoje, na reunião da Assembleia Municipal, o deputado Sérgio Abreu, eleito pelo PS, lembrou que, após a intempérie, o Governo Regional solicitou à autarquia que fizesse um levantamento dos estragos, o qual foi feito. Tal como referiu, foram contabilizados 670 mil euros de prejuízos nos complexos balneares e nas praias do Funchal, mas, «até hoje, o Governo Regional não disse quanto é que ia dar nem quanto ia deixar de dar». «A resposta foi um silêncio total, quando prometeu e andou a dizer que ia socorrer o município» devido ao violento temporal que afectou bastante os complexos balneares e as praias”, denunciou.

Os deputados municipais eleitos pelo PS também apontaram o dedo ao facto de, desde 2013 até este momento, o Governo Regional não ter feito qualquer contrato-programa com a maior câmara da Região, sublinha um comunicado de imprensa.