Morreu o Branco antigo guarda-redes madeirense de hoquei-em-patins campeão do mundo

branco
Branco integrou a equipa do Porto e foi internacional campeão do mundo. Foto Blog “Memória Portista”

José Manuel Branco, madeirense, figura de destaque no hoquei-em-patins em Portugal, guarda-redes internacional, morreu no Funchal aos 79 anos de idade. Foi campeão do mundo em 1974, na competição disputada em Lisboa. Integrou a seleção portuguesa que venceu o Torneio de Montreux em 1973.

Podemos ver no blog “Memória Portista”, lembrando os tempos em que Branco representou o Porto, que se tratou de “um madeirense que veio na dianteira de outros madeirenses que depois lhe fizeram companhia”. Num artigo assinado por Armindo Pinto, recorda-se que fez parte “de um conjunto de conterrâneos que ainda andaram e se cruzaram na cidade do Porto, em escalões e clubes diferentes nalguns casos, como nos lembramos de Branco, dos Ricardos, Castro, Jorge Câmara e Januário. José Manuel Branco, que fizera parte da primeira equipa do Marítimo em 1957, jogou depois no Porto de 65 a 68, tendo a partir de 1969 integrado a equipa do Académico. Em 73 fez parte da seleção portuguesa que venceu o Torneio de Montreux e em 74 foi campeão mundial, onde o portista Cristiano foi o melhor marcador”.

No mesmo blog lembra-se que “Branco fez parte ainda da equipa do Ferrovia de Luanda, onde esteve pouco tempo, devido aos acontecimentos resultantes do 25 de abril de 74, tendo precisamente por isso o Mundial de 74 não ter sido disputado em Luanda, como estava destinado”.

À família de Branco, o FN endereça as sentidas condolências.