Porto do Funchal comemora amanhã o seu aniversário; Miguel Albuquerque estará presente

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, vai amanhã, pelas 17h30, à gare do molhe da Pontinha, para associar-se às comemorações do Dia do Porto do Funchal, participando na cerimónia da entrega de placas a mais de duas dezenas de trabalhadores.
O “Dia do porto” foi instituído, no ano passado, pelo Conselho de Administração da APRAM com o objectivo de evocar a História e homenagear aqueles que durante anos, deram aos portos da Madeira o melhor de si, refere uma nota do GR.
O investimento em infraestruturas portuárias tem sido uma realidade ao longo do mandato deste Governo, em reparações, reabilitações e melhoramentos, assevera comunicado oficial. As obras orçaram em mais de 10 milhões de euros. Os portos continuam, conforme vem afirmando o presidente do Governo Regional, a ser uma área estratégica do governo até porque vivemos numa ilha.
Foi a 18 de Julho de 1962 que os madeirenses conseguiram ver concretizada uma aspiração de séculos: finalmente, a região passava a dispor de um porto com condições para a acostagem de navios e o imprescindível serviço de fornecimento de combustível líquido à navegação.
“Cedo os madeirenses perceberam que o desenvolvimento económico da ilha passava obrigatoriamente por um porto moderno. Lisboa levou muito tempo para compreender esse objectivo e essa inércia levou a que a Madeira, que tinha sido pioneira, perdesse competitividade no Atlântico, fazendo com que outros aproveitassem aquilo que tinha sido nosso”, reza o comunicado do gabinete da Presidência.
“No dia da inauguração, a 18 de Julho de 1962, foi reconhecido o papel do porto no desenvolvimento da ilha. Tal como nessa altura, os nossos portos, do Funchal, Caniçal e Porto Santo são estruturantes desta nossa economia insular. E continuam a ser muitos os desafios que se lhes colocam, ao nível da modernização tecnológica e gestão. É para superar estes desafios que o Governo Regional, através da APRAM, vem trabalhando”, afirma-se na nota de imprensa.

O programa das comemorações do Dia do porto prevê visitas guiadas à gare, a partir das 14 horas. Entre as 15 e as 16h30, como antigamente, a lancha “Valério de Andrade” fará ligações entre o cais e a Pontinha.

Às 16h45 está previsto um “Madeira d´honra”, acompanhado por um “espetáculo dos rebocadores”. Finalmente, às 17h30 serão entregues as placas expressando reconhecimento à labuta realizada por 21 trabalhadores; às 18 horas cantam-se os Parabéns ao porto e, meia hora depois, o grupo de música tradicional “Xarabanda” protagonizará uma actuação intitulada “Varanda do Cais”.