Albuquerque reafirmou ontem compromisso do GR para o concelho da Ponta do Sol

O PSD/Madeira realizou ontem mais um ‘Compromisso Madeira’, desta vez na Ponta do Sol, com o objectivo de ouvir as forças vivas do concelho e a população em geral, com vista à preparação do próximo programa de Governo, mas também para fazer um balanço relativamente aos compromissos assumidos para o actual mandato.
O presidente do PSD/M, Miguel Albuquerque garantiu que também no concelho da Ponta do Sol serão integralmente cumpridos os compromissos.
Entre eles, adiantou, já foram realizados a nova unidade de processamento de banana, num investimento superior a 6 milhões e 800 mil euros, os apoios aos agricultores e a todo o sector primário, a variante à Madalena do Mar e a consolidação e arranjo de um conjunto de infraestruturas de acessibilidade, estando ainda outras obras em concretização, mas cuja conclusão será antes do final do mandato, refere um comunicado enviado pelos social-democratas.
Questionado pelos jornalistas sobre as declarações do Ministro do Planeamento e Infraestruturas, de que a Região só terá executado 900 mil dos 30 milhões prometidos para a ajuda aos incêndios, Miguel Albuquerque afirmou que o governante deve “estar a brincar” com os madeirenses. “Se ele não manda o dinheiro como é que eles querem que a gente execute?”, disse.
Ainda assim, lembrou que, no âmbito das verbas POSEUR, a Madeira já abriu concursos e tem parte das obras em execução.
Sobre a TAP, Miguel Albuquerque disse esperar que os governantes nacionais “acabem a festa” do Rock in Rio para começarem “a governar e a tomar medidas, no sentido de salvaguardar os interesses da Madeira”.