Muriel Ribeiro, João Rodrigues e Xarabanda recebem condecorações de Marcelo neste Dia de Portugal

João Rodrigues
O velejador madeirense João Rodrigues recebe o grau de Comendador da Ordem do Mérito.
Xarabanda B
A Associação Xarabanda recebe o título de Membro Honorário da Ordem do Mérito.
Muriel Ribeiro
Muriel Ribeiro recebe o grau de Comendador da Ordem do Mérito Empresarial classe do Mérito Comercial.

Este domingo, 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, o Presidente da República vai distinguir, pelas 11.30 horas, no Palácio de São Lourenço, delegando essa missão no Representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto, três personalidades da vida madeirense, individualmente o velejador João Rodrigues e a empresária Muriel Santos Ribeiro, além de coletivamente a Associação Xarabanda, com a Ordem de Mérito, que se destina “a galardoar atos ou serviços meritórios praticados no exercício de quaisquer funções, públicas ou privadas, que revelem abnegação em favor da coletividade”, como refere uma nota do Representante.

Muriel Dilly Henriques de Freitas Santos Ribeiro recebe o grau de Comendador da Ordem do Mérito Empresarial classe do Mérito Comercial; João Filipe Gaspar Rodrigues, o grau de Comendador da Ordem do Mérito; Associação Musical e Cultural Xarabanda, o título de Membro Honorário da Ordem do Mérito.

Muriel Santos Ribeiro é uma empresária, proprietária dos Hotéis Quinta Penha de França, com 96 anos de idade e uma vida dedicada ao mundo dos negócios. Foi casada durante 68 anos com o neurocirurgião António Ribeiro. Tem dois filhos, um de 74 e outro de 71 anos de idade. Tem quatro netos.

João Rodrigues, velejador, fez uma carreira brilhante, atleta olímpico de grande nível. Hoje, com 46 anos de idade, trabalha num projeto que visa levar as escolas ao mar. No próximo ano, começa a trabalhar com atletas olímpicos, do Comité Olímpico de Portugal. Em entrevista ao Funchal Notícias, publicada recentemenete, considerou ser importante que todas as pessoas que estiveram ao seu lado e que foram também responsáveis pela sua carreira, sentissem esta condecoração igualmente como sua, num gesto que expressa o que já é conhecido do perfil de João Rodrigues, a grandeza alargada a todos os níveis de intervenção.

A Associação Musical e Cultural Xarabanda, que resultou da criação de um grupo deniminado Algozes, em 1981, recebeu com surpresa, mas com muita satisfação, este reconhecimento por parte do Presidente da República. Um trabalho de pesquisa deveras relevante, com muito ainda para dar à Cultura madeirense. Rui Camacho, o presidente, deu conta que, em 2019, deverá ser publicado um trabalho de 20 anos de recolha e de 12 anos de organização, sistematização e classificação do cancioneiro”. Já está na posse do Governo Regional.

O programa de hoje no Palácio de São Lourenço tem início pelas 10.45 horas com o Hastear da Bandeira Nacional, registando-se pelas 11 horas a cerimónia de colocação de flores junto ao Monumento ao Emigrante Madeirense, com a presença das entidades.
No Pátio Central do Palácio de São Lourenço, pelas 11.15 horas, haverá atuação da Banda Militar da Madeira sob a direção do Sargento-Chefe Paulo Pleno.

Pelas 11.30 horas começa, no Salão Nobre do Palácio, a cerimónia de entrega das condecorações. Com o Coro de Câmara da Madeira sob a direção da Maestrina Zélia Gomes, a Banda Militar, prevendo-se a alocução do Representante da República para a Região. Segue-se a leitura do texto prtemiado no concurso literário “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas” pelo seu autor, Pedro Afonso Gonçalves Quintal.

Será ainda feita uma intervenção alusiva à efeméride, protagonizada por Leandro Lopes, Francisca Freitas e Lara Correia, intérpretes do Curso Profissional de Teatro, do Conservatório – Escola das Artes da Madeira – Engº. Luíz Peter Clode – S.R.E.