Movimento Apostólico de Schoenstatt realiza encontros nos dias 19, 20 e 21

Segundo uma informação divulgada pelo Movimento Apostólico de Schoenstatt, realizar-se-ão vários encontros de reflexão mensal dentro em breve, nomeadamente no dia 19, na paróquia da Sagrada Família às 18 horas, seguida de Eucaristia às 19 horas; no dia 20 na paróquia do Curral das Freiras às 15h, seguido de Eucaristia às 16:30h; e no dia 21 na Capela da Penha de França às 19h, com Eucaristia seguida de reflexão.

“No Mês do Sagrado Coração de Jesus vamos conhecer um período conturbado da vida do Pe. José Kentenich”, propõe o Movimento. “Na Alemanha o Nazismo ganha cada vez mais força e alguns elementos do movimento são presos incluindo o Pai fundador, sendo enviado para o campo de concentração de Dachau. Podendo libertar-se do campo de concentração devido a um grave problema de saúde que tinha, pois vivia só com um pulmão, não aceitou, porque viveu na totalidade “ser livre para Deus”, refere o Movimento. De 19 para 20 de Janeiro de 1942, aquele padre passa a noite em oração e renuncia procurar qualquer recurso humano para se livrar do campo de concentração e toma a decisão de se entregar. Entrega a sua liberdade exterior para a conquistar para Schoenstatt e como o Bom Pastor tudo entrega para se tornar fecundo para os outros”, refere uma nota às Redacções.