CDU acusa CMF e GR de responsabilidade em “agressão ambiental” na Ribeira dos Socorridos

A CDU acusou hoje a Câmara Municipal do Funchal e o Governo Regional de responsabilidades directas nas “agressões ambientais e paisagísticas” no Vale da Ribeira dos Socorridos.

Segundo a CDU, a pedreira e britadeira estão a poluir todo o Vale dos Socorridos, ocupando todas as margens de cheias daquela ribeira, pondo em perigo pessoas e bens.

Estas situações, como afirmou Edgar Silva, coordenador regional, «é tanto mais grave quando se sabe que Miguel Albuquerque quando era presidente da Câmara criou um conflito com o Governo, através da crítica do que se estava a passar na Ribeira dos Socorridos. Agora, como presidente do Governo ainda se tornou mais expansiva a agressão ambiental. Assim, esta agressão ambiental tornou-se numa agressão a princípios básicos de coerência política»