“Capelas ao Luar” continuam no dia 26 de Abril na Calheta

O projecto de cariz cultural “Capelas ao Luar” continua, uma semana depois do início (a 19 de abril, na capela de Nossa Senhora do Faial – Funchal), na quinta-feira, dia 26, na Capela de Jesus, Maria e José, no Lombo do Doutor, Calheta.

Organizada pela Secretaria Regional do Turismo e Cultura, através da Direcção Regional da Cultura, esta iniciativa visa facilitar um conjunto de visitas guiadas a Capelas da Região, muitas vezes indisponíveis ao público em geral e possuidoras de referências artísticas no panorama do património cultural regional.

As visitas (às 21.30 horas) são sempre precedidas de pequenos apontamentos musicais (às 21.00 horas), de música renascentista ou barroca.

As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas através do correio electrónico capelasaoluar.drc@gmail.com

Nesta segunda acção, a 26 de Abril, pelas 21.00 horas, decorrerá um apontamento de música barroca por elementos da Orquestra Clássica da Madeira. Às 21.30 horas, realizar-se-á uma visita guiada à Capela, por Rita Rodrigues. Será ainda lançado um guia patrimonial.

O programa do apontamento musical é o seguinte:

Jeremiah Clarke (1674 – 1707)  – Trompete Voluntário

Johann Sebastian Bach (1685 – 1750) – Fuga em Sol menor

Anonymous – Sonata

Franz Joseph Haydn (1732 – 1809) – Saint Anthony Chorale

(Trompete: Mário Pinto e Leandro Rocha; Trompa, Rúben Silva; Trombone, Pedro Pinto; Tuba, Fabien Filipe.

A capela de Jesus-Maria-José, edificada no Lombo do Doutor (Calheta), foi fundada, segundo diversa bibliografia, pelo morgado João de Andrade Berenguer Neto e sua mulher, D. Tomásia de França e Andrade, em 1708. No entanto, alguns elementos arquitetónicos e artísticos apontam para construção anterior.

Trata-se de uma típica Capela barroca, com as paredes totalmente forradas a azulejos, retábulo de talha dourada e policromada, frontal de altar pintado e pintura sobre tela. Os azulejos policromos são do século XVII, de oficina nacional, e o retábulo de talha dourada e policromada identifica a passagem do estilo protobarroco (1619-1668) para o barroco pleno (1668-1713), correspondendo ao período também designado de estilo nacional (c.1675-1725). A pintura a óleo sobre tela, representando “Repouso na fuga para o Egito”, é atribuída a António Oliveira Bernardes, essencialmente pintor de azulejos, mas que praticou a pintura a óleo entre finais do século XVII e princípios do século XVIII.

Estas serão as próximas edições das “Capelas ao Luar”:

 

26 de Abril (quinta-feira), 21.00 horas

Capela de Jesus, Maria e José, Calheta

Momento musical barroco

Visita guiada por Rita Rodrigues

 

3 de Maio (quinta-feira), 21.00 horas

Capela de Santana, Funchal

Momento musical renascentista

Visita guiada por Francisco António Clode de Sousa e Filipe Bettencourt

 

11 de Maio (sexta-feira), 21.00 horas

Capela de Nossa Senhora do Loreto, Calheta

Momento musical renascentista

Visita guiada por Francisco António Clode de Sousa

 

17 de Maio (quinta-feira), 21.00 horas

Capela de Nossa Senhora da Conceição, Funchal

Momento musical barroco

Visita guiada por Rita Rodrigues e Francisco António Clode de Sousa