Governo da República não cumpre com a Madeira há dois anos e tem agenda partidária eleitoral para tomar o poder na Região, acusa Albuquerque

Albuquerque Massapez A
Miguel Albuquerque diz que os madeirenses e os portossantenses “não serão palhaços nestes números de circo”.

O presidente do Governo Regional foi claro, hoje, à margem da visita à obra de consolidação do Talude do Massapez, no Porto da Cruz, ao afirmar que “Lisbooa não cumpre, há dois anos, com os compromissos para com a Madeira. A saber: o novo Hospital, as taxas de juro que estamos a pagar a preços exorbitantes, as dívidas dos subsistemas de Saúde que não são pagas à Madeira, resolução do problema da mobilidade dos cidadãos da Madeira e Porto Santo e as dívidas fiscais que não são pagas à Região”.

Miguel Albuquerque reafirma que “este Governo da República está a agir em função de uma agenda partidária eleitoral, E ouvi dizer que há uns novos números de circo, com contorcionistas, malabaristas, engolidores de sapos e possivelmente palhaços. O que posso garantir é que os madeirenses e os portossantenses não serão palhaços. Como é que um presidente de Câmara vai resolver problemas regionais que já estão há muito apresentados em Lisboa?”