PS chama TAP e ministro do Planeamento à Assembleia da República para explicar cancelamentos de voos

 

O grupo parlamentar do PS na Assembleia da República anunciou que vai chamar de urgência, a administração da TAP e o ministro do Planeamento, Pedro Marques, ao Parlamento, por causa dos cancelamentos de voos registados nas últimas semanas, em particular para as regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

“Queremos saber se não está em causa os cumprimentos de serviços públicos mínimos”, referiu o vice-presidente da bancada parlamentar socialista, Carlos Pereira, primeiro subscritor do requerimento que foi assinado por deputados das duas regiões autónomas.

“A companhia aérea deve explicar o que se está a passar e como pretende resolver o problema”, afirmou o deputado madeirense, que diz que na RAM a situação é grave com os condicionalismos existentes no aeroporto. “Hoje esteve praticamente fechado”, lembrou.

A deputada açoriana Lara Martinho partilha da mesma inquietação. “As regiões ultraperiféricas estão completamente dependentes do transporte aéreo. Naturalmente que estes cancelamentos repetitivos causam constrangimento e são motivo de preocupação”, disse.

A TAP já cancelou quase 50 voos desde o final do mês passado para vários destinos, alegando razões operacionais.