Compromisso Madeira: “A grande tradição do PSD é cumprir escrupulosamente aquilo que assume perante a população”

Foto DR.

O presidente do PSD/Madeira elencou hoje todas as conquistas do Governo Regional, descrevendo os compromissos eleitorais já cumpridos e garantindo que até o final do mandato todas as promessas serão concretizadas.

Miguel Albuquerque, que falava hoje em Machico na abertura da primeira sessão do ‘Compromisso Madeira’, lembrou que a “grande tradição” do PSD/Madeira é “cumprir escrupulosamente” aquilo que assume perante a população. E em Machico garantiu que irá cumprir integralmente todos os compromissos assumidos com o povo machiquense.

“Somos um partido aberto, próximo das populações em todos os concelhos e que tem a capacidade de ouvir as reivindicações e os anseios de todos. Somos um Partido de pessoas comuns, de homens e de mulheres que trabalham e que constroem o amanhã”, disse Miguel Albuquerque num Fórum Machico, totalmente preenchido com as forças vivas do concelho, naquele que foi o primeiro debate integrado no ‘Compromisso Madeira’ e que irá percorrer os 11 concelhos da Região.

Fazendo um balanço positivo de três anos de governação, o presidente do PSD/M lembrou que a Região está em franco crescimento económico. O rácio da dívida pública da Madeira é menor do que a nacional, a taxa de desemprego diminuiu de 15,8 para 8,9%, o investimento público foi retomado. Miguel Albuquerque destacou, ainda, que 2017 foi o melhor ano turístico de sempre, o melhor ano agrícola e, em Machico foi o melhor ano em termos de rendimento do peixe descarregado, traduzido em 21,6 milhões de euros. E ao contrário da mensagem que o Primeiro-ministro quis passar, a Madeira é a única região do País que apresenta um superavit, contrariando a tendência nacional, frisou.

O presidente do PSD aproveitou para enviar uma mensagem a Lisboa, exigindo para os madeirenses e porto-santenses um tratamento igual ao dos restantes cidadãos portugueses, tal como está consagrado na Constituição.

“Reivindicamos no quadro nacional, nós madeirenses e porto-santenses, o direito fundamental e constitucional de sermos tratados como cidadãos de primeira, em igualdade de circunstâncias como todos os outros cidadãos portugueses da República.”

Num debate bastante participado, Miguel Albuquerque, respondendo a uma das intervenções da plateia, disse que Machico tem todo o potencial para ser o segundo concelho turístico da Madeira. “Machico tem tudo. Tem beleza natural, tem população afável, tem infra-estruturas, tem restaurantes, tem mar, tem serra”, sublinhou, dizendo que é necessário olhar para o futuro e recuperar as valências perdidas.

Miguel Albuquerque anunciou que estão asseguradas duas pequenas unidades hoteleiras para Machico e que Água de Pena como o Porto da Cruz são freguesias que têm, neste momento, um “enorme” potencial turístico.