Turista britânico levado pelas ondas na Praia Formosa ainda não foi encontrado

Foto Facebook

O turista britânico que foi arrastado por uma onda na Praia Formosa, após ter-se imprudentemente aproximado das ondas, não foi ainda encontrado, após um segundo dia de buscas pelo que não se espera que seja outra coisa senão o seu cadáver. O seu nome, entretanto, foi já divulgado pela comunicação social regional. Derek Jessiman, de 62 anos, residia no Algarve e estava de férias na Madeira. Até agora, todos os esforços para recuperar o seu corpo têm-se revelado infrutíferos.