CDU aponta obras urgentes para o Curral das Freiras

A CDU emitiu um comunicado hoje precisamente oito anos depois do fatídico dia de 2010, constatando que “ainda há obras urgentes que há muito já deveriam ter sido realizadas, mas pelas quais as populações aguardam ansiosamente”.

Desde o primeiro momento que a CDU tem sido a força que mais meios e verbas exigiu para a reconstrução das localidades afectadas pela catástrofe que se abateu sobre a Madeira, reclama esta formação política.

A freguesia do Curral das Freiras foi uma das localidades onde houve a inestimável perda de vidas humanas, com avultados prejuízos materiais e o consequente agravamento de algumas situações que já eram de risco, declara.

Ora, no entender da CDU, “muito está por fazer no Curral das Freiras no que toca ao processo de reconstrução e reabilitação local”. Exemplo disso é um aglomerado populacional no Sítio da Achada “que, apesar de algumas intervenções de cosmética, continua muito exposta se a pluviosidade for muito intensa”.

“Os milhões de euros esbanjados na baía e nas fozes das ribeiras no centro do Funchal, estão a fazer falta onde mais se justificavam, e precisamente aqui, no Sítio da Achada, a população desespera por uma intervenção”, aponta a CDU.

A coligação de comunistas com os Verdes considera ser obrigação da República, do Governo Regional e das Câmaras Municipais garantir todos os meios necessários para restabelecer a normalidade e garantir o bem-estar e a qualidade de vida das populações afectadas.