Dois sismos ao largo da Ribeira Brava no intervalo de 7 horas

Fonte IPMA.

Com um intervalo de menos de 7 horas, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) registou dois sismos sensivelmente no mesmo local, ao largo da Ribeira Brava.

O primeiro sismo foi registado ontem à tarde, dia 12 de fevereiro, às 17h24, de magnitude 2.1.

O segundo foi registado já hoje, dia 13 de fevereiro, pouco depois da meia noite (00h17), de magnitude 1.5.

O último sismo em águas madeirenses tinha sido registado a 31 de janeiro, às 16h35, de magnitude 2, a Leste das Desertas.

A intensidade dos eventos registados ao largo da Ribeira Brava nem sequer seriam suscetíveis de ser sentidos pelos humanos caso acontecessem em terra.

Além disso, só os sismos superiores a 4 são considerados tremores notórios sentidos em objetos no interior de habitações, ruídos de choque entre objetos, mas, ainda assim, com poucos danos improváveis.

Refira-se que o arquipélago dos Açores está, atualmente, a passar por uma crise sísmica.