Regressos da Venezuela e comparticipação da República em encontro de governos

VENEZUELA-CRISIS-OPPOSITION-PROTEST-G9J37L5EC.1
A situação tensa que se vive há algum tempo na Venezuela já motivou regressos à Região por parte de emigrantes naquele país, entre eles jovens luso-descendentes.

O regresso à Madeira dos emigrantes na Venezuela, por força da situação de grande instabilidade que se tem vivido naquele país, será tema de abordagem por parte dos Governos Regional e da República, em encontro agendado para amanhã, pelas 10 horas, na secretaria da Educação.

Jorge Carvalho (Educação), Pedro Ramos (Saúde) e Rita Andrade (Inclusão e Assuntos Sociais) estarão de um lado da mesa, José Luís Carneiro (secretário de Estado das Comunidades Portuguesas) e Rosa Lopes Monteiro (secretária de Estado da Cidadania e Igualdade), estarão do outro. Em conjunto, haverá uma avaliação sobre “os dados estatísticos e os impactos decorrentes do regresso de luso-venezuelanos à Região, seguindo-se o acompanhamento das medidas decorrentes dos compromissos assumidos pelos governos da Região e da República neste âmbito e a definição da comparticipação financeira da República para fazer face aos encargos gerados”.