Prémios de vitrinismo visam distinguir o comércio na cidade

Vitrinismo A
Foram entregues hoje os prémios de vitrinismo.

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, e a Presidente da Câmara do Comercio e Indústria da Madeira, Cristina Pedra, apresentaram hoje, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, os vencedores de mais uma edição do Concurso de Vitrinismo para o comércio tradicional, promovido este Natal pelas duas entidades. Os grandes vencedores foram a Ótica Ergovisão, a loja de roupa Sous e a livraria Jóias de Cultura:

Paulo Cafôfo começou por “agradecer à ACIF, um parceiro de todas as horas, a todos os comerciantes que aderiram a esta iniciativa e a todos os nossos colaboradores do Departamento de Economia e Cultura, que têm sido determinantes para consubstanciar a nossa visão e dinamizar de uma forma única e inédita a economia local do Funchal ao longo dos últimos anos.”

O Presidente destacou, igualmente, “as montras lindíssimas, com muita criatividade e habilidade, que tornam as lojas mais bonitas e a cidade mais bonita” e reforçou que “enquanto Autarquia, precisamos de ser impulsionadores e fazer aquilo que estiver ao nosso alcance para alavancar o comércio tradicional, que é fundamental para uma cidade como a nossa. Estas iniciativas fazem, por isso, todo o sentido, tanto mais em alturas como o Natal e a Festa da Flor, e inseridas num programa de revitalização do comércio e serviços como o nosso.”

Paulo Cafôfo concluiu que “a Câmara, o Governo Regional e as demais entidades públicas e privadas fazem um esforço para que o destino Madeira possa ser cada vez mais atrativo, e isso só pode ser capitalizado se todos colaborarmos, daí criarmos condições para associar as lojas a esta ação integrada de promoção do Natal na nossa cidade. É bom para a cidade, e creio que também tenha sido uma mais-valia para as vendas do nosso comércio local.”

Vencedores

  • 1.º Lugar – Ótica Ergovisão (prémio de 1.000,00€), pela harmonia, criação de um tema e uso de materiais naturais;
  • 2.º Lugar – Loja de Roupa Sous (500,00€), pela criatividade, harmonia e impacto;
  • 3.º Lugar – Livraria Jóias de Cultura (250,00€), pela criatividade e reciclagem de materiais.

Foram, por sua vez, atribuídas menções honrosas ao Ciam – Comércio e Indústria de Automóveis da Madeira, à Joalharia São Pedro e à Casa Rocha.

A edição inaugural do Concurso de Vitrinismo decorreu no Natal de 2016, repetindo-se por ocasião da Festa da Flor 2017. O objetivo da Câmara Municipal do Funchal é manter dois concursos anuais de vitrinismo (Natal e Festa da Flor), pela importância desta iniciativa, não só no embelezamento das ruas nestas alturas especialmente simbólicas mas, sobretudo, pela importância da decoração das vitrines/montras para a atratividade dos clientes, também em termos turísticos, e, consequentemente, para a maior dinâmica de vendas.