Governo assegura que gestores públicos não vão ser aumentados em 2018

O deputado do JPP, Élvio Sousa questionou o vice-presidente do Governo Regional, a razão pela qual foi retirada do orçamento a alínea referente à fixação de um teto máximo para a remuneração dos gestores públicos.

Pedro Calado garantiu que, não obstante tal situação, nenhum gestor público ganhará mais do que atualmente ganha.

Por seu turno, Isabel Torres questionou Pedro Calado sobre o compromisso assumido pelo secretário regional da Educação quanto ao descongelamento da carreira dos professores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pedro Calado assegurou que os compromissos serão assumidos assim como a assistência aos recém-regressados da Venezuela, outras das questões colocada por Isabel Torres.

Ao longo da manhã, o vice-presidente disse ainda que alguns deputados deveriam ter a experiência de trabalhar no sector privado e que os empresários que não paguem impostos na Região, terão a vida dificultada.

Roberto Almada, do BE, acusou Pedro Calado de ser “o aluno fiel” do jardinismo.

Intervieram ainda, João Paulo Marques e Nivalda Gonçalves, deputados do PSD.