Missas do parto com intenções específicas



*Sílvio Mendes

As manhãs de dezembro na Madeira vão ser muito festivas a partir da próxima sexta-feira, dia 15, com as missas do parto que serão celebradas nas paróquias da Diocese do Funchal.
A liturgia das Missas do Parto é muito específica. São os nove dias das antífonas do Ó, que fazem classificar a Virgem como a Senhora do Ó.
As missas do parto são momento exclusivo para cantar versos populares, em honra da Mãe de Deus e do Menino Jesus, alguns deles tão antigos que remontam aos primeiros povoadores da Madeira.
Outro fenómeno que alimenta a tradição, é a mesma estrutura da novena, com a invocação ao Espírito Santo, o canto da Ladainha, o Retrato da Senhora e a Eucaristia, onde também são entoadas loas à Virgem, ao seu parto e à alegria do nascimento de Jesus.
As missas do parto são na sua maioria por intenção dos residentes nos diversos sítios de cada paróquia, mas há também por intenção dos emigrantes, dos estudantes universitários, ou pelos elementos das Forças Armadas como vai suceder na sexta-feira, dia 15 na igreja da Nazaré às 6 horas com a presença da Banda Militar que solenizará a cerimónia litúrgica.
Também os motards terão a sua missa do parto que será celebrada no domingo dia 17 às 6 horas na igreja de São Martinho.
O C.S. Marítimo também tem uma missa do parto. Vai decorrer no próximo sábado dia 16 na igreja dos Álamos a partir das 6 horas. No final haverá animação no adro.
Na próxima sexta-feira a missa do parto que será celebrada na igreja do Caniço às 20 horas será animada pelo grupo Tradiciones que interpretará cânticos da Venezuela.
As missas do parto que serão celebradas na igreja de Nossa Senhora do Monte terão transmissão em direto no endereço http://www. facebook.com. Paróquia do Monte.
No sábado dia 16 dezembro às 18h30 terá início a missa do parto na Capela do Bom Jesus no Funchal. É a primeira vez que  esta celebração se realiza naquele templo.
Entretanto no próximo domingo  dia 17 as comunidades do  Bom Sucesso e da Choupana terão a sua missa do parto na igreja da Boa Nova às 6 horas.
É já tradição a romagem que se efetua a partir das 5h15 com início na zona abaixo da igreja com o ensaio dos versos.  Depois o grupo vai em direção da Igreja com muita animação.
No final destas missas há sempre muita animação nos adros. Grupos espontâneos ou organizados mantêm vivas as tradições desta época.
O grupo Madeira Despique – Gente Antiga é já conhecido pela alegria que transmite com as suas canções nos convívios após as missas do parto. Este ano terá o programa seguinte:
15 – Monte: 6 horas
16  – Capela da Ajuda: 7h30
17 – Santa (freguesia do Porto Moniz)- 6h30
18 – São Martinho: 6 horas
19 – Santa Rita: 6 horas
20 – São Gonçalo: 6 horas
21 – São Roque: 6 horas
22 – Nazaré: 6 horas
23 – Porto da Cruz : 6 horas
Para o domingo 17 deezembro haverá um autocarro para a paróquia da Santa com saída de São Roque às 5 horas e de São Martinho às 5h15.