PS diz que Governo Regional não apoia as famílias madeirenses

O PS-Madeira já adivinha o que aí vem em matéria de prioridades e opções do Governo Regional em sede do Orçamento da Região para 2018 e não augura nada de bom.

Segundo o PS-M as famílias vão ser as grandes afetadas com as linhas mestras do documento.

A carga fiscal não será desagravada, a redução do IRC de 17 para 16% fica aquém do que defende o PS e a austeridade está para durar.