Mercado dos Lavradores faz 77 anos e sai à rua para “dar uma volta” pela Praça do Município

Tudo a postos para promover o Mercado dos Lavradores noutro espaço, na nobre Praça do Município. Fotos FN.

É mais uma das iniciativas de Paulo Cafôfo, também ela com ecos de polémica, o que parece aumentar ainda mais a popularidade do presidente da CMF. Os 77 anos do emblemático Mercado dos Lavradores serão assinalados não no seu próprio terreno, do quotidiano urbano, mas na vetusta Praça do Município, na lógica “O Mercado Sai à Rua” para se dar a conhecer ao povo.

O barracão começou a ser montado, frente ao edifício da CMF e todos esperam pelas dezenas de comerciantes que certamente têm produto para mostrar e mercar.

Neste momento, só os turistas fixam o olhar no “barracão” e questionam se vai haver festa, que é o mesmo que dizer, mais um concerto para animar a malta, promovido pela edilidade. Desta vez não. De 20 a 24 de novembro, das 09h00 às 18h00, o Mercado está no Município e, quem é fiel à tradição, pode continuar a fazer as suas compras no histórico Mercado dos Lavradores.