SRE inicia neste ano lectivo um projecto para promover a leitura junto dos alunos

A Secretaria Regional de Educação, através da Direcção Regional de Educação, inicia neste ano lectivo o projecto A LER, que tem como objectivo promover, em harmonização com os demais projectos, quer sejam de intervenção directa nas escolas, quer sejam de formação de professores e educadores, a leitura junto dos alunos dos vários ciclos do ensino secundário. O trabalho a desenvolver abrange vários domínios e congrega e convoca todos os agentes de educação e ensino para uma estratégia ampla e estruturada de educação para a leitura.

Neste âmbito, no dia 10 de Novembro, entre as 9h30 e as 18h, na Escola Profissional Dr. Francisco Fernandes, realizar-se-á a Jornada A LER, na qual poder-se-á assistir à apresentação de algumas comunicações sobre o tema por parte de especialistas intervenientes na promoção da leitura nos vários ciclos de ensino, segundo informam o FN.

Pretende-se com esta iniciativa, sensibilizar, de uma forma especial, os docentes de Português e os Técnicos Superiores de Bibliotecas Escolares e, de uma forma mais abrangente, todos os demais interessados nas práticas de leitura na população escolar (e não só); e ao mesmo tempo, promover a reflexão sobre este tema, congregando vários projectos que, desenvolvendo práticas de leitura mais estruturadas e sustentadas, incentivam o gosto pelos livros e pela literatura e contribuem para a melhoria das capacidades de compreensão e interpretação por parte dos alunos.

A Jornada está estruturada da seguinte forma:

Na parte da manhã, haverá lugar para a apresentação dos vários projectos de leitura da DRE, pelos respectivos coordenadores ou responsáveis, sendo complementada com a participação de uma representante da Universidade da Madeira, uma representante do Arquivo e Biblioteca Pública da Madeira e uma escritora.

Na parte da tarde, a jornada será constituída por três mesas redondas: uma dedicada ao pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico, outra dedicada aos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e uma terceira dedicada ao ensino secundário.

Cada grupo de trabalho fará o diagnóstico de problemas e dificuldades e apresentará estratégias de combate aos mesmos que serão partilhadas com as restantes mesas.