Rui Gonçalves confirma que vai para as Finanças mas como técnico tributário

Rui Gonçalves continua a gerir a pasta das Finanças e da Administração Pública até decisão do seu sucessor. Fotos Arquivo FN.

O demissionário secretário regional das Finanças e da Administração Pública vai mesmo passar do Governo Regional para a Administração Tributária e Aduaneira na Madeira mas esclarece ao FN que não vai ocupar nenhum cargo de direção ou chefia de serviços. Retoma as funções “de técnico tributário, enquanto quadro que é desta Administração”.

Por outro lado, o assessor de imprensa de Rui Gonçalves, Miguel Ângelo, clarificou também ao FN que, contrariamente ao que está a ser comentado até mesmo nas Finanças, o secretário cessante não vai ocupar um gabinete individual.

Entretanto, Rui Gonçalves continua a exercer as funções plenas de secretário regional das Finanças e Administração Pública até à nomeação do seu sucessor, ainda sem data definida. No ar, circula o nome de Pedro Calado para vice-presidente do GR, num contexto de uma alargada reformulação da atual orgânica do executivo, mas esta informação não é, para já, confirmada por nenhuma das partes.