Quase mais 10 mil alunos ingressaram no Ensino Superior pela 2ª fase

alunos2
Na 2ª fase de ingresso no Ensino Superior, foram colocados perto de 10 mil alunos. No total das fases são 47.173 alunos.

Os resultados da 2ª fase de ingresso no Ensino Superior permitiu colocar cerca de mais 10 mil alunos, presisamente 9.831, passando a apresentar, no conjunto das duas fases, 47.173 alunos que conseguiram entrar no Ensino Superior, em universidades e institutos politécnicos públicos. Candidataram-se a esta segunda fase 19.135 alunos.

Nas duas fases, regista-se um aumento de 2,9% de entradas, relativamente aos números do ano passado, sendo que há sete anos que não entravam tantos alunos no ensino superior. A tendência, já verificada na primeira fase, confirmou-se na segunda.

Uma nota que pode ser vista no site da Direção Geral do Ensino Superior, refere que, relativamente à segunda fase, os ingressos represnetam “um aumento de 2.6% face à mesma fase do concurso nacional de acesso do ano anterior. Deste modo, no conjunto da primeira e segunda fases já ingressaram no ensino superior público, através do concurso nacional de acesso, 47173 novos estudantes    (+2,9% que em 2016, incluindo estudantes matriculados na 1.ª fase e colocados na 2.ª fase). Na primeira fase do concurso nacional de acesso já tinham sido colocados 44 931 estudantes dos quais se matricularam 39662 (88,3%), mantendo o padrão de anos anteriores”.

Diz a mesma nota que “a colocação de estudantes nesta 2.ª fase confirma as estimativas de ingresso no ensino superior público, que apontam para cerca de 47.000 novos estudantes a ingressar por via do concurso nacional de acesso e para cerca de 73 mil novos estudantes quando consideradas todas as vias de ingresso. Os dados da 2ª fase mostram ainda que 40% dos estudantes foram colocados na sua 1.ª opção e que 4674 estudantes foram colocados no ensino politécnico público e 5157 no ensino universitário, representando um acréscimo de, respetivamente, 2% e 3% face a igual fase do ano anterior”.

ara a segunda fase, de acordo com a mesma informação oficial, “o número de vagas colocadas a concurso foi de 11419, às quais acresceram 2320 vagas libertadas por candidatos colocados e matriculados na primeira fase que foram agora colocados na segunda fase. Nesta segunda fase do concurso não foram ocupadas 4009 vagas. Os resultados da segunda fase do concurso já foram divulgados na Internet, às 00h01 de hoje, quinta‐feira, 28 de setembro, no sítio da Direção‐Geral do Ensino Superior (http://www.dges.gov.pt), podendo ainda ser consultados através da aplicação ES Acesso, disponível nas plataformas iOS5 e Android6 . Para os estudantes agora colocados, a matrícula e inscrição é realizada entre 28 e 2 de outubro junto da instituição de ensino superior”.

Na mesma informação constante do site da Direção Geral do Ensino Superior, refere-se que “quando uma instituição de ensino superior decide abrir terceira fase do concurso, fixa ainda o número de vagas, em valor igual ou inferior às vagas sobrantes da segunda fase acrescidas das vagas não ocupadas pelos estudantes colocados nesta fase que não realizaram a matrícula e inscrição. 10. As vagas colocadas a concurso na terceira fase são divulgadas no dia 5 de outubro no sítio da Internet da Direção‐Geral do Ensino Superior (http://www.dges.gov.pt). 11. A candidatura à terceira fase do concurso é apresentada entre 5 e 9 de outubro através do sistema online, disponível no sítio da Internet da DGES (http://www.dges.gov.pt)”.