Pedro Ramos sublinha investimento que o Governo pretende fazer nos bombeiros

Na sequência das suas novas atribuições no domínio da protecção civil, o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, continua a avistar-se com as corporações de bombeiros da Região. Diz o governante que a acção dos bombeiros tem contribuído para controlar a proliferação de incêndios no Verão que agora findou. Apesar de o período crítico ainda não ter terminado, “temos a garantia da segurança que estas equipas estão a fazer”, declarou, no âmbito de uma visita aos bombeiros de Santana.

Confrontado pelos jornalistas com a carência de meios humanos na generalidade das corporações, Pedro Ramos deu a entender que o Governo Regional tentará ampliá-los, bem como melhorar as condições de trabalho destes profissionais. Os equipamentos de protecção individual, salientou, cifram-se num investimento da ordem do milhão de euros, havendo também uma verba semelhante para a aquisição de veículos florestais de combate a incêndios e autotanques.

Recusando-se a adiantar qual entende ser o número mais apropriado de bombeiros para a Região, Pedro Ramos sempre foi dizendo, apesar de tudo, que é necessário ir suprindo as saídas para a reforma. “Os recursos são sempre considerados insuficientes”, admitiu, considerando que será preciso “reforçar o dispositivo”.

Quanto a falta de pessoal no pessoal que atende as chamadas da Protecção Civil, Pedro Ramos limitou-se a referir, como já foi anunciado, que os enfermeiros passarão a colaborar também neste serviço.