Delegação da Madeira da ANAFRE acusa Cafôfo de dar menos 500 mil euros às Juntas de Freguesia

A delegação da Madeira da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), comentou uma iniciativa realizada ontem na freguesia da Sé, na qual o presidente da Câmara do Funchal e candidato pela Coligação Confiança enalteceu a postura democrática do actual executivo municipal na distribuição das verbas atribuídas às freguesias. Sobre esta situação a ANAFRE refere o seguinte, numa nota assinada por Rui Santos, coordenador regional daquela estrutura:

“No último mandato do Dr. Miguel Albuquerque à frente da Câmara Municipal do Funchal, o município transferia anualmente 1,4 milhões de euros pelas suas dez freguesias. No ano de 2014, já com a coligação Mudança, foram retirados a esses 1,4 milhões, 250 mil euros no total transferido para as dez freguesias, o mesmo se verificando em 2015. Em 2016, já a pensar nas eleições autárquicas do ano seguinte, a gestão autárquica da Mudança voltou a atribuir esses 250 mil euros às dez freguesias. Contas feitas, relativamente ao mandato anterior, no seu conjunto, as freguesias receberem com a gestão Mudança menos 500 mil euros”, acusa Rui Santos.

Por outro lado, “o líder da Coligação Confiança referiu ainda que, ao longo deste mandato, as Juntas do PSD receberam mais do que as juntas da Mudança. Contudo, não referiu que o valor recebido é proporcional à população, pelo que esta atitude nada tem que ver com uma “postura democrática, séria e transparente do actual executivo”, mas sim com uma questão de justiça na repartição do dinheiro dos contribuintes pelas freguesias”.