PSD mobilizado em São Roque

Comício em São Roque. Foto DR

No meio do povo – “onde gosta de estar” -, Pedro Gomes recordou quinta-feira à noite a obra feita e o trabalho realizado neste mandato pela Junta de Freguesia de São Roque, projectando os próximos quatro anos.

“No anterior mandato fizemos tudo aquilo que era possível. Não demos um passo maior que a perna, mantivemos o equilíbrio financeiro sem deixar de ajudar as pessoas”, disse o candidato do PSD a novo mandato em São Roque, depois de ter descido do palco e ir ao encontro da população que participava no Convívio do PSD de São Roque.

“Meus amigos, quero ter uma conversa convosco mas não é aqui neste palco. É no meio de vocês. É no meio das pessoas que eu goste de estar. É ao lado do meu povo, do povo de São Roque que eu quero e vou estar”, afirmou, falando do projecto que a equipa que lidera – “homens bons e mulheres trabalhadoras” – tem para a freguesia.

A população, disse o autarca, já o conhece. Sabe que não faz promessas vãs e mesmo nos últimos quatro anos, com um orçamento apertado, conseguiu manter São Roque no caminho do desenvolvimento. “Espero que para ao próximo mandato a Dra. Rubina nos ajude a ter um orçamento maior”, disse, ao lado da candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal, para quem pediu o apoio de toda a freguesia.

“Independentemente dos partidos vamos eleger a Dra. Rubina Leal. Vamos-me eleger, para que possamos todos juntos continuar a trabalhar por São Roque”, afirmou Pedro Gomes, agradecendo todo o apoio que recebeu da população nos últimos quatro anos. “Deram-me força para hoje estar aqui a me recandidatar a um novo mandato. São Roque não pode parar. Temos que continuar a trabalhar, a avançar. E para isso preciso da vossa ajuda”, sublinhou.
As pessoas, continuou, estão fartas de mentiras. Por isso, Pedro Gomes falou a verdade.

Criticou o que o actual executivo municipal fez na freguesia – “meio alcatrão no Galeão, meio caminho na entrada 22” -, e enumerou os investimentos que pretende, com a ajuda de Rubina Leal, concretizar no próximo mandato em São Roque.

“Já tenho aqui uma lista de coisas para pedir à Dra. Rubina, que vai ser a próxima presidente da Câmara”, anunciou, referindo-se à cobertura do campo de jogos de São Roque que tem de ser feito “já este mandato”, e as ligações rodoviárias entre os caminhos da Ribeira de Santana e Lombo Jamboeiro, entre o Olival e a Travessa Água de Mel e entre a Fundoa de Cima e a Estrada da Fundoa.

O primeiro caso, lembrou, vai permitir que a zona passe a ser servida por autocarro, e quanto à ligação entre o Olival e a Travessa da Água de Mel lamentou a promessa não cumprida da actual Câmara. “Quando anunciaram a obra eu até agradeci publicamente ao senhor presidente da Câmara. Mas sabem, agradeci muito cedo”, ironizou, falando também da necessidade de criar bolsas de estacionamento em São Roque, como forma de facilitar a circulação automóvel e aproximar as pessoas das suas casas.

Pedro Gomes, e numa altura em que o PDM abre a porta para a legalização de casas já construídos, prometeu apoiar as pessoas que precisam e ultrapassar a burocracia necessária para resolver esses problemas.

Para continuar, garantiu, é o trabalho social que a Junta de Freguesia tem desenvolvido junto dos que mais necessitam. Apoios aos alunos e escolas da freguesia. Bolsas de estudo para estudantes universitários. A habitação social. Os programas de combate à solidão dos idosos e as iniciativas potenciadores de emprego.

“Criamos um polo de emprego na freguesia. A Dra. Rubina foi fundamental para trazer-mos esse polo para São Roque, e vamos continuar a ajudar as pessoas a encontrarem trabalho”, disse Pedro Gomes, vincando que Junta vai continuar a dinamizar a cultura, o desporto, as actividades recreativas e as festas religiosas.

“A junta sempre esteve e continuará a estar aberta a todos os que precisam. Porque a junta é de São Roque. Da população de São Roque”, por isso o autarca e candidato não tem dúvidas: “Vamos ser eleitos, porque temos e estamos a trabalhar para isso”.