Nivalda quer recuperar o cais da Ribeira Brava e reabilitar marginal entre a vila e a Tabua

Nivalda
Nivalda Gonçalves apresentou o manifesto eleitoral.

Nivalda Gonçalves apresentou hoje o manifesto da candidatura social-democrata à Câmara Municipal da Ribeira Brava. Um programa onde o destaque vai para uma série de investimentos públicos, onde avultam a recuperação do cais da Ribeira Brava, a reabilitação da ligação marginal entre a vila e a Tabua, uma nova ligação viária a sul da vila, o arranjo urbanístico dos centros das freguesias e a reabilitação urbana da vila.

A candidata à presidência da Câmara Municipal da Ribeira Brava apresentou ontem o manifesto, relevando o contributo alargado para o mesmo, a partir de propostas apresentadas pela população e por várias instituições do concelho.

“Começámos por ouvir as pessoas nos diferentes sítios, realizámos vários debates temáticos e promovemos igualmente reuniões com as diversas instituições do concelho. Foram vários contributos, dados pela população local, que culminam na apresentação deste manifesto”, disse.

Relevando que é um manifesto feito com base na vontade popular e com base nas necessidades da população e do concelho, abrangendo as várias áreas, desde a Saúde ao Social, Nivalda Gonçalves diz ainda ser prioridade apostar na cativação de investimento, com o apoio do Governo Regional.

“É o caso da frente-mar. Nós precisamos de uma vila mais atrativa. Da nossa parte, iremos exigir ao Governo uma nova faixa de trânsito a sul, a reabilitação da marginal que liga à Tabua, a reabilitação do cais da Ribeira Brava e do mercado municipal (por parte da Câmara) e a reabilitação de todo o centro da Ribeira Brava. É preciso reabilitar as ruas, os edifícios, enfim todo o património que está degradado, criando assim algumas dinâmicas empresariais e atraindo investimento e pessoas ao concelho”, explicou.

Nivalda Gonçalves anunciou ainda outras propostas, a consubstanciar junto do Governo Regional, que potenciarão o investimento nas outras freguesias do concelho. Por exemplo, na Tabua, diz ser prioritária a conclusão da empreitada de regularização e canalização da ribeira da Tabua para norte, bem como a recuperação da ETAR, tendo em conta o seu normal funcionamento.