CDU quer “Centro Interpretativo da Diáspora” no Solar dos Zinos (Ponta do Sol)

A candidatura da CDU à Câmara Municipal da Ponta do Sol visitou hoje a zona do “Solar dos Zinos”, no concelho da Ponta Sol, com o fito de abordar questões sobre a defesa do património do concelho.

O “Solar dos Zinos”, dizem os comunistas, é um exemplo de património importante para este concelho, pela sua beleza e história. Este, defendem, é um património que deve permanecer público e aberto à população, ao contrário das intenções do governo e de algumas candidaturas concorrentes a este Município, que defendem a entrega deste valioso património a privados.

No entender da CDU o “Solar dos Zinos” deve ser um espaço aberto à população e aos visitantes do concelho. Aqui pode nascer o “Centro Interpretativo da Diáspora”, onde estaria patente a história da emigração madeirense, ou o “Núcleo Museológico sobre a Colonia na Madeira”, o qual a existir faria todo o sentido ser neste concelho, dizem.

“Estes são dois exemplos concretos da utilidade que pode ser dada a este património, que estaria assim ao serviço das pessoas, em vez de estar nas “mãos” do sector privado”, conclui a CDU.