Eles querem é tacho, pensa o Povo!

Ilustração José Alves

Os cartazes da campanha eleitoral autárquica têm uma tónica dominante: os candidatos surgem aos pares, normalmente o candidato a presidente da Câmara e, ao lado, o candidato à Junta de Freguesia da localidade.

Nos cartazes das duplas ou casais, os candidatos normalmente não verbalizam as suas promessas. Graficamente, em regra, surgem poucas palavras, eventualmente o slogan da candidatura e o símbolo do partido ou coligação.

Mas o Estepilha tem o dom da adivinhação e até consegue saber o que vai na mente dos candidatos: poleiro, tachos, taxas e taxinhas.

Já sei que não há regra sem exceção e que não se deve confundir a árvore com a floresta mas, que diabo, com tanta verbalização, em tempo de pré-campanha, deixem o Estepilha verbalizar o que pensa o Povo!