46 bombeiros e 16 viaturas combatem fogo que começou na Tabua

Segundo o Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira, em comunicado atualizado às 17h30, “encontram-se no teatro de operações do Incêndio Florestal da Ribeira da Tabua sete (7) corporações de bombeiros, entre os quais os Bombeiros Voluntários da Ribeira Brava, Bombeiros Voluntários Madeirenses, Bombeiros Voluntários da Calheta, Corpo de Bombeiros de Sapadores do Funchal, Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz, Bombeiros Municipais de Santa Cruz e Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos, e o Serviço Regional de Proteção Civil através do Posto de Comando Operacional. O Instituto das Florestas e Conservação da Natureza também está empenhado nesta operação”.

Segundo a mesma fonte “durante a madrugada do dia 7, a operação contou com a colaboração da equipa GIPS da GNR. O número de meios mantém-se nos 46 operacionais distribuídos pelas 16 viaturas empenhadas. O trabalho efetuado durante o dia permitiu confinar o incêndio exclusivamente às zonas de difícil acesso. Neste momento, os bombeiros encontram-se a realizar trabalhos de vigilância ativa”.

Recorde-se que o Serviço Regional de Proteção Civil é agora tutelado pelo secretário regional da Saúde, Pedro Ramos.

A secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada esteve hoje no terreno.