Perigo espreita na Rua Bela de São Tiago

Fotos FN.

Na Rua Bela de São Tiago está a ser feita uma intervenção num dos antigos imóveis por conta, segundo explicam os moradores, da oportuna requalificação urbana dos antigos imóveis que tem sido promovida pela Câmara Municipal do Funchal.

Seja uma obra de requalificação urbana ou investimento privado, o que se constata é que a Rua Bela de São Tiago está parcialmente e necessariamente obstruída devido à empreitada em curso, em cima de uma curva, junto ao antigo e encerrado estabelecimento comercial Casa Major. Como esta zona tem uma grande circulação de viaturas e de turistas – mesmo ao lado está o Hotel Quinta Bela de São Tiago – impunha-se a colocação de um semáforo ou outra forma mais eficaz de alertar os condutores, em particular os que circulam em direção ao parque de estacionamento local, que, em cima da curva, não têm qualquer visibilidade para quem circula do outro lado.

Junto à obra, foi colocado um discreto sinal de trânsito a alertar para as obras e condicionalismos daí decorrentes, bem como uns postes multicolores de alerta. Mas os condutores que ali circulam têm efetivamente fraca visibilidade, para além do fluxo de tráfego das unidades hoteleiras locais.

Os moradores consideram que o perigo espreita e que deveria ser colocada provisoriamente um outro tipo de sinalização enquanto decorrem as obras.