Candidato do PDR em Santa Cruz quer “um concelho justo e livre”

Ruben Visinho PDR Santa Cruz
O candidato do PDR em Santa Cruz apresentou-se oficialmente.

O candidato do PDR, Ruben Visinho apresentou-se oficialmente e à sua equipa, ontem à em Santa Cruz, concorrendo à Câmara e às juntas do Caniço, Santa Cruz, Gaula e Camacha.

O candidato referiu que “a sua candidatura “não embarcará na guerra dos números, do betão e do lavar roupa suja”, já que pretende com esta candidatura“ contribuir positivamente para o Desenvolvimento de Santa Cruz como um todo, onde a justiça, a liberdade e a solidariedade não sejam só palavras”. O concelho, diz Ruben Visinho “mudou de cor política, mas os problemas que a população enfrenta diáriamente persistem”.

Ruben Visinho disse ainda que o PDR e a sua candidatura abraçaram este projecto porque sabe que “é possível trazer mais e melhor qualidade de vida aos residentes neste concelho”. A única coisa que promete é “trabalho árduo e a defesa dos interesses de todos”.

Depois de referir que “esta é uma candidatura que tem propostas válidas”, o candidato do PDR à Câmara enumerou algumas dessas propostas, “o apoio às famílias mais carenciadas do concelho, incentivar a criação de emprego, através de apoios e criação de incentivos para a fixação do tecido empresarial, rectificando algumas das taxas existentes”. Na área dos apoios Ruben Visinho, defende que “ a prática desportiva tem de ter um programa municipal, que fomente o desporto, bem como o incentivo à práttica desportiva intergeracional”. O candidato do PDR defende ainda uma política de prevenção e combate aos fogos urbanos e florestais, frisando que cabe ao munícipio “ incentivar e apoiar os proprietários no que concerne à limpeza e desbaste dos terrenos”.

Ruben Visinho destaca que na área social “ as famílias numerosas devem ter um maior apoio, nomeadamente através da isenção ou corte nas taxas municipais, como sejam no caso dos requerimentos, licenciamentos, bem como reduzir a taxa do IMI para o minimo”.

O candidato do PDR ao Munícipio de Santa Cruz propõe-se promover a Camacha e o Santo da Serra a capital da Cidra, através da dinamização deste produto, e a criação de um roteiro. Ruben Visinho abordou a questão do mercado do Santo para dizer que aquele espaço precisa de mais e melhores condições para os feirantes.