300 mil para as famílias vítimas dos incêndios

O Governo Regional avança com o apoio financeiro de 300 mil euros, às famílias afetadas pelos incêndios de agosto de 2016 para a recuperação e reconstrução das suas casas que ficaram totalmente ou parcialmente danificadas.

Segundo uma nota de imprensa hoje divulgada, esta comparticipação regional é o valor equivalente à diferença entre o valor das obras validado pela IHM e o valor dos apoios que serão recebidos ao abrigo do PROHABITA através do Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) à Região Autónoma da Madeira.

Este apoio financeiro é agora possível, após terem sido desbloqueadas as primeiras verbas nacionais, por parte do Governo Central.

Neste sentido será celebrado o contrato programa entre a Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais e a IHM – Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM, autorizando esta a atribuir os apoios, a fundo perdido, ao abrigo do Programa de Recuperação de Imóveis Degradados (PRID).

Recorde-se que no passado dia 24 de agosto, em Lisboa, na presença dos Secretários Regionais, Rita Andrade e Rui Gonçalves e ainda da Presidente da Investimentos Habitacionais da Madeira, Vânia Jesus, foram finalmente assinados contratos de apoio a particulares e aprovada a comparticipação das habitações da Boa Nova, recentemente atribuídas para o realojamento definitivo de seis famílias.