Susana Prada visitou operações de limpeza de área ardida em São Roque

Foto DR

Encontra-se em curso uma ação de limpeza de vegetação e árvores queimadas nas áreas sobranceiras à cidade do Funchal, em particular nas freguesias de Santa Maria Maior, Monte, São Roque e Santo António.

Segundo uma nota de imprensa hoje divulgada, a Secretária Regional do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada, deslocou-se hoje a São Roque para ver os trabalhos em curso. Trata-se de uma ação concertada entre proprietários, junta de freguesia de São Roque e Instituto de Florestas e Conservação da Natureza.

Os proprietários têm sido identificados nas zonas que constituem um perigo potencial e o IFCN tem feito sensibilização junto destes para a importância da limpeza dos terrenos florestais

O Instituto das Florestas e Conservação da Natureza tem agilizado o licenciamento do corte.

O objetivo desta ação visa reduzir o risco  de incêndio, aumentando a segurança das populações

Além disso, a limpeza de terrenos é importante para:

o   Evitar a propagação de incêndios, devido à redução da carga combustível

Neste momento está a ser realizada a segunda fase da intervenção já iniciada anteriormente na zona da Alegria (São Roque).

A área que está agora a ser alvo de intervenção é de 8 ha que se juntará aos 5 hectares já intervencionados de modo a perfazer 13 hectares.

Esta intervenção consiste na limpeza das espécies invasoras de uma faixa de 50 metros em cada lado da Estrada do Galeão e seus arruamentos

Este ano, entre limpezas de terrenos realizadas nestes moldes, limpezas feitas ao abrigo da parceria com os Sapadores do Exército, ao abrigo de investimentos apoiados pelo PRODERAM e investimento próprio, estão a ser intervencionados cerca de 230 hectares