JS Madeira organiza XIX Acampamento Regional no Porto Santo a partir do dia 10

A JS Madeira organiza, entre os dias 10 e 13 de Agosto, o seu XIX Acampamento Regional, no Porto Santo. A estrutura regional dos jovens socialistas mobilizará para o Porto Santo cerca de 325 jovens, informa uma nota de imprensa.

Olavo Câmara refere que “este é o momento de maior mobilização anual dos nossos militantes e procura conjugar actividade política e diversão. Sabemos que nem todos compreendem a importância deste momento, mas a verdade é que para além da capacidade de mobilização de militantes que reflecte, muitas vezes também representa a única oportunidade que estes jovens têm de visitar o Porto Santo, muitas vezes é a primeira vez que lá vão, e é também um primeiro momento de contacto a sério com a política. A política já não é feita só dentro de salas como antigamente e a única maneira de contrariar o distanciamento dos jovens da política é trazê-la até eles, ao que gostam de fazer, e não esperar que aconteça o contrário. Temos procurado diferentes abordagens e esta tem sido um sucesso, que já faz parte da história da JS Madeira”.

Olavo Câmara recorda ainda que esta é “a maior actividade de Verão da JS a nível nacional”. Este ano a iniciativa contará com a presença “das principais figuras das estruturas regionais e nacionais da JS e do PS”, nomeadamente a secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, o secretário-geral da Juventude Socialista, Ivan Gonçalves, o presidente do PS Madeira, Carlos Pereira, e de autarcas eleitos com o apoio do PS.

Para além das já tradicionais actividades do acampamento, que incluem momentos lúdicos e momentos políticos, este ano a JS Madeira assinalará o Dia Internacional da Juventude, comemorado no dia 12 de Agosto, com a “Festa da Confiança”, que juntará os participantes aos convidados e que servirá de “aquecimento” para o comício que se realizará nessa noite na ilha do Porto Santo.

Olavo Câmara termina afirmando que “há pelo menos três anos que o Verão do Porto Santo deixou de ser um passeio político laranja para ser um palco de democracia e participação jovem. A JS continua a cumprir o seu papel, este ano com o objectivo de mobilizar estes jovens para vencermos as autárquicas a 1 de Outubro.”