Lesados do BANIF: PSD-M acusa António Costa de não cumprir promessas públicas

Na sequência das declarações do Primeiro-Ministro, António Costa, ontem, no Funchal, a propósito dos lesados do BANIF, o PSD-M, através do seu secretário-geral, Rui Abreu emitiu um comunicado do seguinte teor:

“1- As declarações de António Costa aos lesados do Banif ontem no Funchal evidenciam mais uma vez que o governo socialista não cumpre as suas promessas públicas. O PS perdeu a oportunidade, a semana passada, de aprovar na totalidade as propostas de alteração que os deputados do PSD-Madeira apresentaram para garantir a total aplicação dos investidores não-qualificados do Banif na lei que regula os fundos de recuperação de créditos.

2- Note-se que somente 24 horas depois da votação global final da lei em causa, António Costa tem o desplante de alegar “vontade política” para solucionar o problema dos lesados do Banif, depois de na prática chumbarem o alargamento proposto pelo PSD-Madeira.

3- O contexto das declarações de António Costa – à margem da apresentação do candidato de Lisboa à Câmara Municipal do Funchal – não pode servir de engodo para a velha prática eleitoralista do PS de prometer tudo e não fazer nada. Aliás, os lesados que o próprio Costa admite terem sido “aldrabados” pelo sistema bancário, não podem ser ludibriados pelo governo socialista com estas falsas promessas que não se coadunam com a prática legislativa dos socialistas na Assembleia da República”.

Recorde-se que o presidente da ALBOA (Associação dos Lesados do BANIF), Jacinto Silva e uma delegação por ele encabeçada foi hoje recebida pelo presidente do PS-Madeira, Carlos Pereira, na sede do PS, na Rua da Alfândega.