PPM preocupado com fogos florestais

O PPM está preocupado com os fogos que alastram pelo país e outros que possam acontecer também na nossa região.

Em comunicado, o coordenador regional do PPM, João Noronha lamenta “o que se está a suceder, mas lamenta ainda mais ver os protagonistas dos partidos do costume todos os anos prometerem que agora é que vai ser tudo muito bem feito. Chega de demagogia barata até porque como estamos próximos de eleições tudo serve como promessas. Não é de hoje que o PPM alerta para que os Planos de Gestão florestais terão de ser aprovados em tempo útil”.

Segundo o partido “impõe-se desenvolver, sustentadamente, um sólido apoio à reflorestação do país. É imprescindível a necessidade de estrategicamente se garantir o abrandamento do aquecimento global, nomeadamente através do sequestro do carbono”.

O partido defende “a execução de um plano de reflorestação a nível nacional, dando prioridade às espécies florestais autóctones e reduzindo o eucaliptal, tal como um apoio evidente aos bombeiros e a uma maior limpeza das matas, passando pela justiça que deve ter mão pesada em assuntos referentes a crimes de incêndios florestais”.