Verão na Madalena do Mar com complexo balnear degradado mas melhoria da praia da marginal

Madalena praia
O temporal levou tudo e aquela que era uma ligação prometedora para o turismo da Madalena do Mar está por resolver.

A zona balnear por excelência, há anos construída na Madalena do Mar, está a degradar-se de dia para dia, em pleno verão. E nem a festa da banana, neste fim-de-semana, impediu que tanto locais como turistas fiquem com uma imagem que certamente os responsáveis, do Governo Regional e da Câmara, não gostariam de manter como cartão de visita.

Madalena B
O acesso pedonal provisório é assegurado por esta ponte. Um provisório que está a levar muito tempo.

Há anos que a zona está assim. Quando foi inaugurada, com grande aparato, prometia muito em termos de futuro. E começou mesmo a sê-lo, com uma nova centralidade, impulsionadora para a restauração e convidativa para que os visitantes, entre naturais da Região, a população residente na freguesia e proximidades, mas sobretudo turistas, tivessem ali um ponto de paragem. Dois restaurantes e pelo menos um bar, asseguravam que a zona balnear podia ser o que prometia.

Madalena C
Aqui, nesta placa, pode ler-se que é (ou era) um circuito de manutenção da Promenade da Madalena do Mar e que a responsabilidade do espaço é da Câmara Municipal.

O temporal e a queda de pedras acabaram com os sonhos. A ligação pedonal está provisória e até parece que irá ficar definitiva, o piso está irregular, alguns muros estão destruídos e a zona lateral, que supostamente deveria ter um jardim, só tem alguns recipientes de lixo intactos.

Madalena A
A praia da marginal tem acessos com passadiços de madeira e recipientes para lixo. Mas ainda há muita limpeza a fazer.

É verdade que a praia da marginal, este ano, não tem grandes mudanças mas pelo menos tem acesso pedonal em madeira até à zona onde os banhistas habitualmente disfrutam das boas temperaturas que aquela freguesia oferece, bem como com o sol que nos últimos dias tem feito sentir-se com intensidade. A praia não está totalmente limpa, mas nas divisórias onde foi colocado o passadiço em madeira, oferece melhores condições do que aquelas que se verificaram nos últimos anos.