Estepilha: o Funchal continua na mira das pragas do Faraó…

Rui Marote

O melhor mesmo é ironizar. O Funchal parece estar na mira de todos os tipos de pragas. Até parece que alguém lá em cima está mesmo zangado connosco. Às calamidades naturais dos incêndios e das cheias, a cidade tem sido alvo de insistentes “ataques” de mosquitos transmissores do dengue, de ratos, de baratas, das quais a urbe está sempre infestada sem que nada seja feito, de formiga branca que atinge múltiplos edifícios, incluindo museus, da baixa… e agora eis que surge a “praga” das abelhas.

Os funchalenses ficaram estupefactos hoje por assistir a uma estranha cena no centro, mais precisamente na esquina da Rua da Carreira com a Rua Joaquim Sanches, que dá acesso às Arcadas de São Francisco, precisamente em frente ao restaurante Londres.

Um enxame de abelhas surgiu do nada e resolveu, acto contínuo, instalar-se… numa moto estacionada na Rua Joaquim Sanches, alarmando os transeuntes e animando rápidas filmagens de telemóvel que logo foram bater às redes sociais… De imediato foi dado o alerta aos Bombeiros Municipais, que encerraram a rua, balizando-a e impedindo o acesso dos peões. É que um ataque de abelhas enfurecidas não é brincadeira. E antes que algum mal acontecesse…

 

Foi necessária uma colmeia para recolher o enxame, o que durou algum tempo.
O Funchal Noticias esteve no local numa altura que a colmeia recebia as abelhas que esvoaçavam pelas redondezas. As fotos do enxame junto à mota foram-nos cedidas gentilmente por Dinarte Gonçalves, que assistiu a todo este acontecimento e ao seu desenlace.