Albuquerque salienta apoio a candidatura de Nivalda Gonçalves e encontra-se com militantes

O presidente do PSD-M, Miguel Albuquerque, esteve hoje na Ponta do Sol e na Ribeira Brava, em encontros com os militantes. Questionado pelos jornalistas se a candidatura na Ponta do Sol não poderia ficar prejudicada por divisões iniciais, o responsável partidário disse que “não se devem confundir divisões com o debate democrático que existe hoje dentro do Partido Social Democrata”.

Albuquerque deixou claro que, sobretudo quando se trata de autárquicas, “nós próprios promovemos, no âmbito interno, um debate e a auscultação das “forças vivas” dos respectivos concelhos, e depois tomamos as decisões”.

“Acho que é muito salutar que esse debate exista, até porque as eleições autárquicas, sendo eleições muito pessoalizadas, quer para as presidências das câmaras, quer para as juntas de freguesia, assim o exigem”. Afirmou que neste momento há uma equipa muito coesa para a Ponta do Sol, para continuar a manter as “valências positivas” que o concelho tem tido nos últimos anos, em todos os domínios, desde o turismo à cultura e à agricultura.

“Neste momento trata-se de prosseguir um trabalho de melhoria infraestrutural das suas atractividades.

Relativamente à Gesba, Empresa de Gestão do Sector da Banana, Lda, referiu que há um compromisso da sua parte, no sentido de se manter o controlo da mesma sobre a distribuição da banana da Madeira, em termos de qualidade.

“A Gesba tem assegurado que a banana da Madeira tenha neste momento os preços mais altos na Europa. Conseguimos este ano distribuir 500 mil euros de dividendos pelos produtores. A Gesba tem feito um trabalho extraordinário, seguro para o produtor. Há pessoas que estão desejosas de voltar ao passado, quando a banana estava totalmente desorganizada, e quando inclusivamente houve gente que esteve presa pelas gatunices e malandragens que fez, prejudicando os produtores. Neste momento, a posição do governo é muito clara sobre esta matéria”, salientou.

Albuquerque manifestou-se ainda totalmente confiante de que a candidatura de Nivalda Gonçalves vai ganhar nas autárquicas, de forma “clara”. É conhecida em toda a Ribeira Brava pelo percurso cívico e político que teve nos últimos anos, e foi uma mulher determinante na ajuda às populações afectadas pelo 20 de Fevereiro de 2010, através da associação que liderou, e que ajudou centenas de pessoas, salientou.

“É uma pessoa determinada e combativa”, que em seu entender será “uma excelente presidente de Câmara”.

“As pessoas são livres de se candidatar da forma que quiserem”, disse, mas a candidatura de Nivalda Gonçalves, deixou bem claro, é aquela que o PSD apoia.