João Paulo Marques diz que CMF nada fez na habitação social

O deputado João Paulo Marques atacou hoje a Câmara Municipal do Funchal e o executivo de Paulo Cafôfo ao declarar que, “infelizmente, aqui na cidade do Funchal, apenas o Governo Regional tem trabalho para mostrar”. O social-democrata denunciava assim a falta de investimento da CMF na habitação social.

As declarações foram produzidas do grupo parlamentar do PSD-M, integradas no âmbito das suas Jornadas Locais, durante a visita ao local onde vão ser construídos 30 novos fogos para famílias afectadas pelos incêndios de 2016, junto ao Bairro de São Gonçalo.

João Paulo Marques afirmou que “a Câmara do Funchal continua convencida de que consegue gerir a cidade apenas baseada em promessas e anúncios”, e atirou:”Não é com primeiras pedras que se resolve o problema da habitação social na cidade do Funchal”.

Também não se resolve, adiantou, com anúncios de retirada de amianto, sem que, passados quatro anos, nem uma placa de amianto tenha sido retirada, criticou.

“O problema da habitação social resolve-se com intervenção directa, concreta, como aquela que o Governo Regional tem feito no Bairro da Nazaré e no Bairro do Hospital, claramente retirando o amianto da casa das pessoas”, disse.

Face a este cenário, João Paulo Marques questionou sobre o que tem a Câmara para apresentar de novo aos funchalenses ao fim de quatro anos. “Na nossa opinião, o que tem para mostrar é trabalho zero”, sublinhou, referindo que não é disso que os funchalenses precisam. “Os que os funchalenses precisam é precisamente de trabalho e de dedicação e é isso que o PSD está disposto a dar aos cidadãos do Funchal.”

Os 30 novos fogos a construir pela Investimentos Habitacionais da Madeira fazem parte de um conjunto de 74 soluções de realojamento definitivo de famílias afectadas pelos incêndios de agosto de 2016, seja por via da construção, seja ao nível da reabilitação do parque habitacional da IHM. Isto além, do apoio que foi concedido pelo Governo ao nível da recuperação de moradias atingidas pelas chamas.

O Funchal é o último concelho a receber as Jornadas Locais do Grupo Parlamentares do PSD. Uma iniciativa que visa a aproximação do parlamento às pessoas, dizem os social-democratas.